CÂNCER - 21/06 a 21/07: Você é uma chorona desgraçada. Os outros signos do zodíaco são obrigados a agüentar você reclamar da sua vida. Você se acha solidária e compreensiva com os problemas das outras pessoas, o que faz de você uma baba-ovo puxa-saco. O que você quer mesmo é ficar “bem na fita”. Você só quer saber de se dar bem, custe o que custar, e acaba sempre ficando numa boa, apesar de não valer nada. É na verdade uma canalha com cara de santa. Quando pressionada você faz chantagem emocional. Chora e faz da sua vida a pior de todas. Por isso, os outros signos do zodíaco nunca desconfiam de você. E o pior é que todos gostam de você.



quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Toda História Tem Que Ter Pontuação

Meus braços doem, minhas pernas doem, meu corpo inteiro dói. Meu coração dói. Falta de ar constante é vicio no remédio ou é vicio em você? Tomo remédios que fazem isso passar, tenho sono, durmo. Mas e o remédio pra me curar de você? Aquele que eu tomava no começo da nossa 'não relação'. Onde eu encontro mais dele? Já tem seis meses que estou sem, nos dois primeiros meses eu tinha ele nas mãos. Não aguento mais, preciso me livrar desse cheiro que me persegue aonde quer que eu vá, preciso tirar da cabeça esse abraço apertado, que pra você não significa nada mais que um abraço, mais que pra mim significa sair dessa minha abstinência de você. A cada dia que passa eu me sinto mais ligada a você, mais conectada. É como se você fizesse parte de mim. Oito meses. 226 dias. 5.424 horas. 325.440 minutos. 195.264.400 segundos. E nada. Isso tem que parar, tem que ter um fim. Assim nao dá mais pra aguentar, eu não tenho forças. Eu encontro forças em você, mais você não pode ser meu ponto de escape, você tem que ser meu ponto final. Virgula não serve, reticências não servem. Tem que ser ponto final e ponto. Mais como eu sempre tive mania de colocar virgulas onde não era necessário, você se tornou uma delas, e agora a história tá tão longa, tão intensa, que se eu colocar um ponto final vai perder a graça. Então eu sigo com minhas virgulas e minhas reticências, mas nunca com um ponto final. Talvez quando você pensar em me colocar em uma das suas histórias, eu seja uma virgula também, mais enquanto isso não acontece, eu não tenho um roteiro, eu sigo completando as linhas, enchendo as páginas. O que eu tenho é a lembrança do seu rosto e essa minha vontade do final feliz que nunca chega.

Um comentário:

Thiago Brito-Essência Egocêntrica disse...

Noossa, parbnes pelo blog, gostei de tudo, a começar pelo título.
EStou te seguindo
Dá uma passado no meu.

http://essenciaego.blogspot.com/

P.S.: Texto muuito bonito, impressionante mesmo, sua forma de escrever.